Lesões pigmentadas da conjuntiva – tratamento e resultados (►►► ver video)

Autores: 

João Cabral, Mara Ferreira, José A Laranjeira, André Gonçalves, Samuel Alves, Filipe Silva

Resumo: 
     Introdução: Quando nos deparamos com uma lesão pigmentada da conjuntiva, a principal atitude a tomar é fazer o diagnóstico diferencial entre lesão benigna e lesão maligna, pois a nossa actuação vai ser muito diferente.
     Objectivos: Este trabalho pretende descrever em video vários modos de tratamento de diferentes lesões pigmentadas da conjuntiva, e os seus resultados.
     Material e métodos: Tratamento de vários doentes com lesões pigmentadas da conjuntiva, desde os simples nevos, as melanoses primárias adquiridas e vários melanomas, bem como outras lesões pigmentadas que simulam tumores melanocíticos.
     Resultados e conclusões: Apesar da grande maioria das lesões pigmentadas da conjuntiva serem benignas, temos de as vigiar com regularidade, pois podem transformar-se em malignas. Sempre que se tratam de lesões mais suspeitas a vigilância deve ser mais apertada, e quando parece não haver dúvida de se tratar de uma lesão maligna, deve proceder-se ao tratamento o mais cedo possível.
 

Ver video no 

Apresentado: 
no 51º Congresso Português de Oftalmologia, no Porto, Dezembro de 2008